POSTAGENS RECENTES NO BLOG

Vencidos e Vencedores

Um oceano
Muitos mares
Desertos
Montanhas
Desconhecidos lugares
E línguas

A mim e a ti separam

O que direi das distâncias?
São inexistentes, concluo
E do tempo?
Digo que foi anulado

Superando todos os limites 
Vencendo o implacável Chronos
Assentando no trono, Aeon
O meu, o teu, o nosso...
Enquanto houver uma gota de sangue
Acelera coração !
Sandra May

O tempo pode ser medido com as batidas de um relógio ou medido com as batidas de um coração.
Ruben Alves


Obra de Salvador Dali

O tempo em Aion reclama nossa entrega e rendição, a admissão de nossa finitude. Nele, a duração de nossas vidas é comparada a um vapor, a uma pequenina flor que pela manhã floresce e ao final da tarde voa no vento. Aion exige humildade: agradecer a oportunidade de entrar na existência e encarar a aventura de viver um privilégio, como gota que se alegra em participar do mar. Em Aion, alcançamos a dimensão do eterno, da finalidade da expansão, da justa medida imprecisa entre a imanência e a transcendência. Porque este é o "não tempo". E "não tempo" também é tempo. Imensurável. Tempo do pra sempre.
Pesquisa desse texto, Aqui

4 comentários

  1. Olá Sandra!!
    Chronos pode até ser implacável, mas nosso coração pulsa em ritmo próprio!!
    Beijos mil e linda semana pra ti! =)
    www.deliciasdavodeo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Andrea !
      Obrigada por visitar a gente, bjs

      Excluir
  2. Oi, Sandra! Medido pelas batidas do coração, a avaliação do tempo precisa levar em conta os sobressaltos do nosso dia a dia pois esta diferença também é tempo, embora para menos, para o breve!
    Boa noite, sem sobressaltos e com sonhos, muitos!

    ResponderExcluir
  3. Oi Edward, obrigada e pra você também...

    ResponderExcluir

Deixe seu contato para receber notificaçõe por e mail

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...