POSTAGENS RECENTES NO BLOG

Essas palavras que escrevo me protegem da completa loucura.

Charles Bukowski

FEITIÇEIRA





Abre tua janela agora e vê
No céu ela passeia
Tendo como pano de fundo
Um manto azul bordado de estrelas
Passeia no céu a lua cheia

Sedutora das altas noites
De costas pro sol e indiferente
Fulgura a feiticeira

Pra ela uivam os lobos
Caem em êxtase os amantes
Sob a magia de uma lua inteira.

Sandra May

Antes de sair deixe seu comentário, crítica ou sugestão. Você me ajuda a construir este blog, obrigada!

Se você também é apaixonada (o) pela lua como eu sou poderá se encantar com:

LUNÁTICA OU QUEIJO LUNAR

CIO DA TERRA

ENLUARADa

O LADO ESCURO DA LUA

MARIA MARIA


CHICO BUARQUE, ESSA TENUIDADE...


Imagem: Pixabay
O beijo - Gustav Klint


TATUAGEM 
Chico Buarque

Quero ficar no teu corpo Feito tatuagem Que é pra te dar coragem Pra seguir viagem Quando a noite vem E também pra me perpetuar Em tua escrava Que você pega, esfrega Nega, mas não lava Quero brincar no teu corpo Feito bailarina Que logo se alucina Salta e te ilumina Quando a noite vem E nos músculos exaustos Do teu braço Repousar frouxa, murcha, farta, Morta de cansaço Quero pesar feito cruz Nas tuas costas Que te retalha em postas Mas no fundo gostas Quando a noite vem Quero ser a cicatriz Risonha e corrosiva Marcada a frio Ferro e fogo Em carne viva Corações de mãe, arpões Sereias e serpentes Que te rabiscam O corpo todo Mas não sentes

UM DIA PARA REFLETIR E 364 IGNORADOS

O Dia da Consciência Negra é comemorado no Brasil no dia 20 de novembro 

Imagem relacionada





Victoria Eugenia Santa Cruz Gamarra (La Victoria, 27 de outubro de 1922 — Lima, 30 de agosto de 2014) foi uma poeta, coreógrafa, folclorista, estilista e ativista afro-peruana. Junto com seu irmão, Nicomedes Santa Cruz, ela é considerada significativa em um renascimento da cultura afro-peruana nos anos 1960 e 1970.


Hoje, deputado do PSL quebra peça de exposição sobre Consciência Negra, na Câmara. Saiba tudo sobre esse vandalismo AQUI.






VIA ESPESSA

"Da carne de mulheres, querem nascer os homens. 
E o poeta preexiste, entre a luz e o sem-nome."


Danae - Gustav Klint

I
De cigarras e pedras, querem nascer palavras.
Mas o poeta mora
A sós num corredor de luas, uma casa de águas.
De mapas-múndi, de atalhos, querem nascer viagens. 
Mas o poeta habita
O campo de estalagens da loucura.
Da carne de mulheres, querem nascer os homens. 
E o poeta preexiste, entre a luz e o sem-nome.

Hilda Hilst

PARABÉNS PRA MIM

Foi assim que tudo começou, no dia do meu aniversário...
Esta foi a primeira e tímida postagem em Letras Que Se Movem, me apresentando.


Artesã, mulher apaixonada pela vida e por espelhos, que se descobre a cada dia, faça chuva ou faça sol! Feliz, embora derrame vez ou outra, umas poucas tantas...lágrimas.
Sandra May

21 de outubro de 2011


mulher no espelho


...e a paixão pela poesia sempre aumentando

ATÉ BREVE


Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.

Eclesiastes 3:1