POSTAGENS RECENTES NO BLOG

Três coisas

Não consigo entender
O tempo
A morte
Teu olhar
O tempo é muito comprido
A morte não tem sentido
Teu olhar me põe perdido
Não consigo medir
O tempo
A morte
Teu olhar
O tempo, quando é que cessa?
A morte, quando começa?
Teu olhar, quando se expressa?
Muito medo tenho
Do medo
Da morte
De teu olhar
O tempo levanta o muro.
A morte será o escuro?                                                                  
Em teu olhar me procuro.
Paulo Mendes Campos

GOLPE
Trabalho autoral
Sandra May

6 comentários

  1. Poesia linda, bem inspirada! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Ah! Voltei na minha adolescência, tempo de colégio, onde ele era figurinha carimbada nos textos das provas de Português e certamente nos livros.
    beijogrande

    ResponderExcluir
  3. Olá Sandra!!
    Mais um texto lindo para pensar e repensar na vida...ou mais especificamente no fim dela!
    Beijos! =)

    ResponderExcluir
  4. Então eu acertei na escolha do poema heim!!!
    Obrigada pela visitas, amigos.
    Bjs

    ResponderExcluir

Deixe seu contato para receber notificaçõe por e mail

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...