POSTAGENS RECENTES NO BLOG

Clarisse escreveu:

"Um dia eu disse infantilmente: Eu posso tudo. Era a antevisão de poder um dia me largar e cair num abandono de qualquer lei. Elástica."

Clarice Lispector - Água Viva
Circulo do Livro S.A. - 1973

  

Imagem autoral - Sandra May



Estou dando a você a liberdade. Antes rompo o saco de água. Depois corto o cordão umbilical. E você está vivo por conta própria.
E quando nasço, fico livre. Esta é a base da minha tragédia.
Clarice Lispector  - Água Viva

Eu amo a minha cruz, a que doloridamene carrego. É o mínimo que posso fazer de minha vida: aceitar comiseravelmene o sacrifício da noite.
Clarice Lispector - Água Viva


9 comentários

  1. Eu dei, doei todos os livros dela exceto este. Já o reli dezenas de vezes. Inclusive estou com ele na minha mochila.
    beijogrande

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto muito também de "A Hora da Estrêla"
    Bjs também...

    ResponderExcluir
  3. Vim da agenda dos blogs, dizer que estou participando do show de kits. Já estou te seguindo.
    https://www.facebook.com/vcemeufoco

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    A Vida é um grande mistério né?
    Estou participando do Show de Kits 4 e aproveitei para lhe desejar um lindo FDS!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  5. Ah! a hora da estrela é também fantástico. Bethânia declamando um trecho também ficou lindo.
    Hoje, o água-viva eu leio trechos, uma página aleatoriamente. Coisa de maluco. Mas a busca desse instante-já dela é muito booooommmmm!
    beijogrande

    ResponderExcluir
  6. Dois contos dela que ficaram pra sempre na minha memória: Tentação e Felicidade clandestina.
    beijogrande

    ResponderExcluir
  7. Lindo poema,amo Clarice !
    Deu vontade de reler os poemas dela.
    Bjs

    ResponderExcluir

Deixe seu contato para receber notificaçõe por e mail

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...