POSTAGENS RECENTES NO BLOG

meu amor



Dia 04

Fiquei olhando sem entender nada, absolutamente nada. Você foi se distanciando sem que a minha mão pudesse alcançar sequer um penúltimo toque...era a unica esperança que restava, um penúltimo toque.
Procurava em vão o brilho de luz nos olhos que haviam penetrado minha alma e que agora, gélidos e desconhecidos trespassavam meu corpo todo, aos pedaços, machucado. Me tornei uma imensa chaga, exageros do amor, oh, sim...!
Doente, eu precisava da cura que não viria mais de você, porque o meu amor, o meu querido amor já havia partido mesmo antes de me deixar e eu não percebi. Não haveria o penúltimo, nem tão pouco o ultimo toque; foi pra sempre, adeus!
Sandra May

Inspirado na musica do dia - That Lovin "Feeling" - Bill Madley




8 comentários

  1. Quem gosta de despedidas, pior qdo nem podemos passar por elas em términos tempestuosos.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Até parece que descreveu o fim do meu casamento...
    Ficou lindo!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os fins são sempre tristes, né?
      Obrigada pela visita, Tais.
      Bjs

      Excluir
  3. Oh, até doeu. Nenhuma amor que se acaba, vai sem deixar esse rastro. Mesmo quando isso aparte de nós e não do outro bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Ciana, sempre a mesma dor!
      Bjs e obrigada pela visita e comentário.

      Excluir
  4. Acho que todo mundo já passou por alguma decepção dessas =(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Lady Salieri. Olha eu aqui, respondendo ao seu comentário, 1 ano após rsrs!
      Bjs

      Excluir

Deixe seu contato para receber notificaçõe por e mail