POSTAGENS RECENTES NO BLOG

CANTO DO DESILUDIDO

I

Curió cantor
Que habita as verdes matas
Da América do Sul
Vem com seu canto lindo
Amenizar as dores da cidade

II 

Plantei uma árvore pra ti
Curió cantor
Um ipê amarelo
(Vai combinar com o teu dorso negro)
Pra que teus filhotes
Nele construam seus ninhos
Não acredito, mesmo assim eu finjo 
E desejo
Que haja no futuro
Muito mais passarinhos...
Sandra May



Canto do desiludido

Casal de curió ( o macho é mais escuro)
imagem da internet


Contrariando a natureza, as flores do ipê desabrocham em dias secos e cinzentos de inverno. E é assim, antes mesmo do surgimento da nova folhagem, que elas anunciam a proximidade da Primavera.
Encontrado em todas as regiões do Brasil, o ipê sempre chamou a atenção de poetas, escritores e até de políticos. Em 1961, o então presidente Jânio Quadros declarou o pau-brasil a Árvore Nacional e o ipê-amarelo, da espécieTabebuia vellosoi, a Flor Nacional.
Tem muito mais pra você saber sobre essa árvore e suas características. Vai na página que eu fiz a pesquisa e saiba tudo. Clique Aqui.

4 comentários

  1. Lindo poema para o cantor... E os ipês são lindos! Que haja mesmo muito e sempre mais passarinhos a enfeitar nosso mundo! Obrigadão pelo carinho! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Obrigada. Não há muito a dizer, porque a esperança é apenas ficção.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Que lindo amiga! Tudo relacionado a natureza e aos animais me encanta. Acho lindo ipês. bjs

    ResponderExcluir

Deixe seu contato para receber notificaçõe por e mail

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...