POSTAGENS RECENTES NO BLOG

VIVER NÃO É ASSIM

A vida é tão incrível
Muito é o  tempo que perdemos
E escasso o tempo disponível
Mas quando o que temos 

Para preencher a existência
São paradoxos sem sentido,
E qualquer esgar de demência
Se confunde com o sorriso,

Vemos alguma coisa errada
desencontrada, fora do tom
É o que acontece quando o nada
é qualquer coisa, menos bom

fala mais alto o egoísmo
Falta um mínimo de compreensão
Chega-se às raias do heroísmo
Pra segurar tanta tensão

Como a tempestade de areia
que só forma uma grande duna,
tensão por mesquinharias
que levam a porra nenhuma.


Antonio Cesar da Silva

Rio, 11 de março de 2013


Menina estudando
Imagem da internet

2 comentários

  1. OLÁ SANDRA,

    parabéns pela escolha e publicação deste lindo poema.

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Paulo, esse poema é de um amigo virtual de Ricardo de Albuquerque. Ele não tem ainda um blog e eu gosto muito dos poemas dele.
    Um grande abraço e obrigada pela visita carioca rs!

    ResponderExcluir

Deixe seu contato para receber notificaçõe por e mail