POSTAGENS RECENTES NO BLOG

Chuva, chove sem parar!

Chove chuva
Aylan 1G 1 globo.comnda

Chove chuva!

Chuva, chove sem parar
Chove até cansar
Chove muitíssimas águas
Que lavem da terra
O vermelho do sangue
De todas as eras
De todas as guerras
De todo mal
Chove mais
Chove chuvinha
Chove no plural
Chove muito mais.

Chuva, faz um dilúvio
Estou tão triste e cansada...
Chove paz!
Sandra May

Pesquisa de imagem : Internet




11 comentários

  1. Essa imagem é tão triste, corta o coração

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Lágrimas são pouco, são nada como nada pode trazer de volta o que a maldade levou, mas elas caem incontroláveis, embora as saiba inúteis, provocadas pela impotência diante da bestialidade humana!
    Só peço a Deus que, se ainda houver tempo, salve o Homem. Salve-o de si mesmo! Amém.

    ResponderExcluir
  3. Ojalá todo el mundo supiera corregir las realidades ingratas. Gracias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é nossa esperança, José-Maria.
      Abraços do Brasil!

      Excluir
  4. Não sei o que dizer. Se é que a algo a dizer. Sei apenas que senti muito. Refiro-me aos sentimentos provocados pela poesia. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi um desabafo profundo, porque sofri demais e sofro sempre. Dizem que a gente deve prestar atenção às coisas boas, principalmente...mas, talvez, eu tenha tendencia ao masoquismo. Nem sei o que pensar, Eugênio...
      Ainda bem que temos amigos, obrigada pelo comentário!

      Excluir
  5. Pois que chova, se é que a
    chuva lava a tristeza como
    você quer e precisa, pelo
    menos me deixou pensativo
    quanto às suas necessida-
    des como também são as mi-
    nhas, Sandra.

    Beijos, muitos.


    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela empatia, Silvio!
      Beijos!

      Excluir

Deixe seu contato para receber notificaçõe por e mail