POSTAGENS RECENTES NO BLOG

PENSAMENTO VULGAR

Hoje não vou te dar
O poema que prometi
Um pensamento vulgar
Poluiu o que escrevi...

Mas não pensei em jogar fora
Pois é quando está quente
Que o vulgar tem sua hora
Na relação da gente

E as palavras picantes
São mais interessantes
Pois descrevem teus seios
Lábios e entremeios

Onde eu gosto de fuçar
Ih! o coração disparou
Acho melhor parar
Pois meu sangue esquentou

Por isso não vou te dar
O poema que escrevi
Um pensamento vulgar
Invadiu o que escrevi

Antonio Cesar Silva









Nenhum comentário

Deixe seu contato para receber notificaçõe por e mail