POSTAGENS RECENTES NO BLOG

NOITE



Das matas surgem os sons
Que embalam meu sono
E produzem em sonhos
Emoções 
Sensações tantas
Lembranças que se entrelaçam
Em ritmos variados.

Após deslizar
Num susto quase acordo
É quando profundamente mergulho
Nos estranhos espaços da minha mente.

Os sons na mata persistem
Entre pios e marteladas
Vai passando minha noite
Enquanto a lua permanece acordada.

Logo vai amanhecer
Estamos alcançando de novo o sol 
A terra fez seu giro noturno
Paciente e incansável.

Cantam agora os sabiás
Cantam canários e bem-te-vis
Voam as coloridas borboletas
E fabricando o mel, as abelhas
Trabalham enquanto dormem os grilos.

Respiro em tudo vida
Abstrato sentimento
Composição perfeita!
Vida, a vida tudo canta
E eu às vezes, mesmo assim lamento...
 Sandra May








Nenhum comentário

Deixe seu contato para receber notificaçõe por e mail

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...